Conselho Municipal dos Direitos da Mulher organiza conferência municipal

Representantes de instituições de ensino superior e de entidades sindicais estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira (10), na Secretaria Municipal da Mulher, para uma plenária que vai escolher as delegadas que participarão da Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres que está sendo organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM).

Precedem as conferências municipal, estadual e a nacional, as conferências regionais, que ocorrerão em três etapas e vão agrupar os bairros e regiões da cidade de acordo com a distribuição da população. A primeira será realizada no dia 24 de julho de 2015, das 14h às 18h, no Centro de Formação Continuada da Secretaria Municipal da Educação – rua Dr. Faivre, 398, Alto da XV com as delegadas das regionais da Matriz, Boa Vista, Portão e Santa Felicidade; a segunda será no dia 15 de agosto de 2015, no Portal do Futuro do Tatuquara – Rua Jovenilson A. de Oliveira s/n e vai reunir as delegadas das regionais, Pinheirinho, CIC e Tatuquara e a terceira conferência reunirá as delegadas dos bairros da área de abrangência das regionais Cajuru, Bairro Novo e Boqueirão.

A conferência municipal de Políticas para as Mulheres será no dia 12 de setembro, no Parque Barigui, no Salão de Atos e vai discutir as propostas formuladas nas etapas regionais, divididas nos seguintes eixos: contribuição dos conselhos dos direitos da mulher e dos movimentos feministas e de mulheres para a efetivação da igualdade de direitos e oportunidades para as mulheres em sua diversidade e especificidades: avanços e desafios; estruturas institucionais e políticas públicas desenvolvidas para as mulheres no âmbito municipal, estadual e federal: avanços e desafios; sistema nacional de políticas para as mulheres: subsídios e recomendações e sistema político com participação das mulheres e igualdade.

A etapa estadual está marcada para novembro deste ano e a conferência nacional para março de 2016, em Brasília-DF, cujo tema será: “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”.