Desafios do transporte coletivo são discutidos por representantes do setor

O presidente da Urbs, Roberto Gregório da Silva Júnior, aproveitou a primeira reunião do atual Conselho Municipal do Transporte, na tarde desta segunda-feira (27), para apresentar os desafios do setor em Curitiba e região metropolitana. Reativado pelo prefeito Gustavo Fruet em abril, o Conselho reúne representantes do Executivo e Legislativo municipal, empresas operadoras, trabalhadores, usuários, universidades e municípios da Região Metropolitana de Curitiba e deverá ser um fórum permanente de discussão e proposição de soluções para o transporte coletivo.

“A intenção é o diálogo para a busca de soluções e proposições para que o transporte público de Curitiba evolua”, resumiu Gregório. Entre os assuntos que merecem ser discutidos pelo Conselho em busca de uma resolução, o presidente da Urbs elencou temas que ganharam relevância a partir da separação financeira das operações urbana e metropolitana, ocorrida em fevereiro.

Questões institucionais, de infraestrutura e de financiamento do sistema, tais como a necessidade de um marco regulatório para a gestão metropolitana, a necessidade de uniformização da fiscalização dos veículos, o modelo tarifário e os incentivos fiscais, entre outros, foram mencionados no encontro.

“São todos desafios que têm de ser enfrentados o mais rapidamente possível por todos os setores envolvidos. A Prefeitura de Curitiba já vem adotando medidas para atenuar os efeitos da separação financeira para o usuário da rede, inclusive com a criação de linhas que complementam itinerários metropolitanos que haviam sido seccionados”, exemplificou.

Conselho

Coordenado por Caíque Ferrante, presidente do Curitiba Turismo, o Conselho do Transporte foi reativado neste ano para reforçar a transparência do setor. O primeiro encontro serviu para a exposição do funcionamento da integração metropolitana.

“Curitiba é a única cidade da Rede Integrada de Transporte que disponibiliza integração no seu sistema urbano”, disse Gregório. “A ideia do Conselho é provocar o tema da integração metropolitana para que sejam feitas as contribuições sobre como enfrentar os desafios que se apresentam.”

Além dos presidentes da Urbs e da Curitiba Turismo, integram o Conselho Municipal de Transporte a secretária municipal de Trânsito, Luiza Simonelli; José Álvaro Twardowsk, vinculado à coordenação de mobilidade urbana do Ippuc; o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região (Sindimoc), Anderson Teixeira; o prefeito de Contenda e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), Carlos Eugênio Stabach; o empresário Dante Gulin; o representante de usuários Luiz Felippe Henning; o professor da PUCPR Fábio Duarte Silva; o coordenador da Comec Carlos do Rego Almeida Filho; e o vereador Paulo Rink.