Prefeito sanciona Política Municipal de Trânsito e criação do conselho

Trânsito
Prefeito sanciona Política Municipal de Trânsito e criação do conselho
28/03/2014 15:18:00

O prefeito Gustavo Fruet sancionou, nesta quinta-feira (27), as leis 14.412 e 14.413 que instituem a Política Municipal de Educação para Trânsito (PMET), o Conselho Municipal de Trânsito (Comutran) e a Conferência Municipal de Trânsito.

A Política Municipal de Educação para o Trânsito , sob responsabilidade da Setran, define diretrizes gerais e específicas de educação para o trânsito no município de Curitiba. O plano tem três pilares: sustentabilidade, segurança e acessibilidade. Esta política considera as principais Leis na área do Trânsito, como o Código de Trânsito Brasileiro, Lei da Mobilidade, Lei da Acessibilidade, Política Nacional de Trânsito e resoluções importantes, como a 207/CONTRAN que regulamenta o funcionamento da Escola Pública de Trânsito, exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Já o Conselho Municipal de Trânsito (Comutran), é um órgão de caráter consultivo e têm por objetivo orientar o gestor local nas políticas públicas de trânsito em Curitiba, com a participação efetiva da sociedade. O Conselho será composto, paritariamente, por membros com experiência em matéria de trânsito sendo formado por vários representantes da sociedade e das esferas municipais, estaduais, engenheiros e universidades.

“Queremos com essas leis consagrar todos que atuam no trânsito da cidade, todas as instituições e todos os segmentos. Curitiba precisa do engajamento destas classes para que colaborem para a paz no trânsito” afirmou Fruet.

“As leis sancionadas pelo prefeito Gustavo Fruet são marcos para a cidade de Curitiba. O Conselho Municipal de Trânsito possibilitará aos seguimentos da sociedade a efetiva participação nos rumos do trânsito e da mobilidade da capital. A Política Municipal de Educação para o Trânsito nasceu da vontade popular e nos leva a priorizar ainda mais a educação como forma legítima de combate à violência e cultuar a paz no trânsito” disse a secretária de trânsito municipal, Luiza Simonelli.

Para Cassiano Ferreira Novo, diretor da Escola Pública de Trânsito, a política municipal abrange não só medidas dentro das escolas, mas em toda a comunidade. “Serão ações de formação da cidadania no trânsito, não só exigindo nossos direitos, como também exercendo nossos deveres dentro de um espaço público que necessita de compartilhamento e respeito à vida”.

 

 

Fotos das Reuniões do COMUTRAN  12/11/2014

 

Comutran

Comutran

Comutran

Comutran

Comutran

Comutran

 

 

Comutran

 

 

 

 

 

 

 

O prefeito Gustavo Fruet sancionou, em 27 de março de 2014, as leis 14.412 e 14.413 que instituem a Política Municipal de Educação para Trânsito (PMET), o Conselho Municipal de Trânsito (Comutran) e a Conferência Municipal de Trânsito. A Política Municipal de Educação para o Trânsito , sob responsabilidade da Setran, define diretrizes gerais e específicas de educação para o trânsito no município de Curitiba. O plano tem três pilares: sustentabilidade, segurança e acessibilidade. Esta política considera as principais Leis na área do Trânsito, como o Código de Trânsito Brasileiro, Lei da Mobilidade, Lei da Acessibilidade, Política Nacional de Trânsito e resoluções importantes, como a 207/CONTRAN que regulamenta o funcionamento da Escola Pública de Trânsito, exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro. Já o Conselho Municipal de Trânsito (Comutran), é um órgão de caráter consultivo e têm por objetivo orientar o gestor local nas políticas públicas de trânsito em Curitiba, com a participação efetiva da sociedade. O Conselho será composto, paritariamente, por membros com experiência em matéria de trânsito sendo formado por vários representantes da sociedade e das esferas municipais, estaduais, engenheiros e universidades.